Salvador completa 472 anos nesta segunda (29/03/2021)

O povo soterapolitano está comemorando mais um ano de vida da cidade de Salvador, mas cumprindo com os protocolos de restrições determinada por autoridades públicas, isso faz a cidade ter uma comemoração diferente do que gostamos, mas necessário para a própria saúde do povo soterapolitano. Conhecida por suas praias e pontos turísticos como o Pelourinho e o Farol da Barra, segundo dados do IBGE de 2020, Salvador possui 2.886.698 milhões de habitantes, sendo a quarta maior capital do Brasil em habitantes.
A história da cidade de Salvador inicia-se 48 anos antes de sua fundação oficial com a descoberta da Baía de Todos os Santos, em 1501. A Baía reunia qualidades portuárias e de localização, o que a tornou referência para os navegadores, passando a ser um dos pontos mais conhecidos e visitados do Novo Mundo. Isso fomentou a ideia de construção da cidade. O rei D. João III, então, nomeou o militar e político Thomé de Sousa para ser o Governador-geral do Brasil e fundar, às margens da Baía, a primeira metrópole portuguesa na América.
Em 1823, mesmo um ano depois da proclamação da Independência do Brasil, a Bahia continuou ocupada pelas tropas portuguesas do Brigadeiro Madeira de Mello. No dia 2 de julho do mesmo ano, Salvador foi palco de um dos mais importantes acontecimentos históricos para o estado e que consolidou a total independência do Brasil. A data passou a ser referência cívica dos baianos, comemorada anualmente com intensa participação popular.
Dos planos iniciais de D. João III, expressos na ordem de aqui ser construída “A fortaleza e povoação grande e forte”, o compromisso foi cumprido por Thomé de Souza e continuado pelos que os sucedem. São filhos de Catarina e Caramuru, que se misturaram com os negros da mãe África e legaram à Salvador a força de suas raças criando um povo “gigante pela própria natureza”.

Comments (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: