Posted By sessaodenoticias Posted On

Presença constante em veículos da BA reforça suspeita de que Maia ‘fez pacto’ com PT para tentar desgastar ACM Neto

Aliados de ACM Neto, presidente nacional do DEM, estão convencidos de que o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), pode estar cumprindo uma missão de tentar ajudar o PT contra o ex-prefeito de Salvador ao dirigir ataques constantes a ele. Eles contabilizam pelo menos duas entrevistas a rádios baianas num espaço de menos de 15 dias nas quais, para eles, Rodrigo deixou claro que tem o objetivo deliberado de buscar desgastar o ex-aliado.

“O que um político do Rio de Janeiro quer falando para rádios baianas?”, questionou um netista. Hoje, na rádio Metrópole, do badalado apresentador Mário Kertész, entre outras declarações, Rodrigo disse que não tinha dúvidas de que Neto planeja ser candidato a vice na chapa do presidente Jair Bolsonaro, em 2022, uma figura de quem o democrata tenta se afastar de todo jeito.

O que chamou a atenção de netistas é que numa entrevista anterior, a uma rádio de Itabuna, ao também dirigir várias críticas a  Neto, constantemente chamado pelo deputado carioca de traidor, Rodrigo se referiu ao senador Jaques Wagner (PT) como seu grande amigo. Wagner é, como Neto, candidato a governador em 2022. A ideia de que Rodrigo pode deixar o DEM para se filiar ao PSD, controlado na Bahia pelo senador Otto Alencar, aliado local do PT, só reforça a suspeita dos netistas de que o ex-presidente da Câmara pode ter feito um pacto com os petistas para tentar desgastar o ex-prefeito. Política Livre

Comments (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: