Siga nossas redes

Mundo

Após a Rússia atacar a Ucrânia, Lituânia declara estado de emergência

Published

on

O presidente da Lituânia, Gitanas Nauseda, declarou estado de emergência, nesta quinta-feira (24/02/2022), após a Rússia atacar a Ucrânia. De acordo com o político, o Exército do país, que é membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), deve se deslocar até a fronteira para conter possíveis ameaças.

Apesar do anúncio, ainda hoje, o Parlamento deve aprovar, ou não, a decisão de Nauseda. Caso seja aprovada, a medida pode ficar em vigor por até duas semanas. Para o líder, a medida foi tomada porque a Lituânia faz fronteira com Belarus, onde há um enclave russo.

Pelas redes sociais, Nauseda condenou o ataque militar russo contra a Ucrânia e disse que a ação coloca em risco a vida de milhares de inocentes, além de minar os fundamentos da ordem internacional.

“Apenas uma resposta unida e forte do Ocidente democrático pode parar a Rússia. Nunca fomos tão fortes e tão bem preparados para enfrentar desafios externos junto com nossos Aliados. O futuro de toda a Europa pode depender de como reagimos nas próximas horas e dias”, reforçou o presidente.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas