Siga nossas redes

Política

Relatório da CPI terá entrega adiada, diz Renan Calheiros

Published

on

O relatório final da CPI da Covid só deverá ser finalizado na primeira semana de outubro. A informação foi dada pelo relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB-AL) nesta segunda-feira (20/09/2021).

Segundo ele, o motivo do adiamento é aguardar o resultado da busca e apreensão feita pela Polícia Federal nos escritórios da Precisa Medicamentos na última sexta-feira (17).

Ao participar do UOL Entrevista nesta manhã, Renan voltou a falar que o presidente Jair Bolsonaro “terá que ser responsabilizado  por crime de corrupção e que isso deverá constar do relatório”.

Nesta semana, dois novos depoimentos importantes ocorrem na CPI:

Na terça-feira (21), o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, vai ser o depoente. Na última semana, o presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), pediu que Rosário esteja no relatório final do colegiado acusado de prevaricação. De acordo com Aziz, o ministro da CGU sabia das irregularidades cometidas pelo ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Dias e não tomou providências.

Na quarta-feira (22),  Pedro Batista Júnior, diretor-executivo do plano de saúde Prevent Senior depõe. A empresa é investigada pela comissão por suspeita de realização de experimentos do “kit covid” e de medicamentos como hidroxicloroquina e azitromicina em pacientes contaminados com o novo coronavírus. Além disso, há denúncia de ocultação das mortes de pacientes que participaram dos testes.

*Informações do Portal SBT News

Sigam as redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas