Joe Biden fala das “Vamos caçá-los para vocês pagarem” diz Joe Biden sobre as mortes de militares norte-americanos no atentado em Cabul

pronunciamento sobre o atentado que ocorreu em Cabul, nesta quinta-feira (26/08/2021), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que dará continuidade à missão de retirada de norte-americanos e civis aliados ao governo. Além disso, ele deixou explícita a necessidade de localizar os responsáveis pelas explosões — que resultaram em mortes no aeroporto de Cabul — e também o desejo de vingança: “Não vamos perdoar. Não vamos esquecer. Vamos caçá-los para fazer vocês pagarem”, afirmou Biden na Casa Branca.

Segundo o site SBT News, no discurso desta quinta (26), o democrata também exaltou a ação dos 12 militares americanos que participavam da operação de retirada de pessoas no Afeganistão nos últimos dias e acabaram morrendo em meio aos ataques — outros 15 ficaram feridos. “Heróis que deram suas vidas”, definiu o presidente.

Joe Biden afirmou que a afiliada do grupo do Estado Islâmico no Afeganistão foi a culpada pelos últimos ataques, que mataram os 12 americanos e diversos afegãos. Entretanto, o presidente disse que não há evidências de que eles tenham ligação com o Talibã, grupo extremista que agora assumiu o controle do país.

Apesar da pressão para que o prazo de retirada seja estendido, Biden considera a ameaça de ataques terroristas contra civis e miliares americanos como um motivo para manter seu plano inicial, que é realizar as evacuações até 31 de agosto.

Após os ataques, Biden reformulou os compromissos previstos e cancelou um encontro com o primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, — que está em sua primeira visita aos EUA desde que assumiu o cargo — para se organizar e realizar o pronunciamento sobre a situação em Cabul. A reunião com Bennett foi adiada para sexta-feira (27).

Sigam as redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Comments (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *