Após cassação, Flordelis é presa

A ex-deputada Flordelis foi presa no início da noite de hoje (13/08/2021) em sua casa, em Niterói (RJ). A informação foi confirmada ao Portal UOL por seu advogado Jader Marques.

A Justiça do Rio de Janeiro acolheu o pedido feito pelo Ministério Público do estado e decretou hoje a prisão preventiva. Ela é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019, em Niterói (RJ).

Antes de ser levada pela polícia, Flordelis fez uma live na qual pediu para seus fãs fazerem uma corrente de oração.

“Façam uma corrente de oração a meu favor. Tenham convicção de que eu não cometi crime algum. Eu sou inocente. Haja o que houver, aconteça o que acontecer. Ainda que me levem para uma prisão, lá na prisão eu serei adoradora [de Deus]. Para quê, eu ainda não sei. Mas ele [Deus] está me levando para lá [prisão]”.

Garantia da ordem pública”, diz juíza

A decisão da Justiça saiu poucas horas após o pedido do Ministério Público. “Mostra-se essencial para a garantia da ordem pública, da eventual aplicação da lei penal e conveniência da instrução criminal, afastando, assim, novas possíveis tentativas de obstrução da Justiça, e possibilitando a busca da verdade real de forma escorreita”, diz a decisão da juíza Nearis dos Santos.

Logo após a divulgação da sentença, a GloboNews mostrou imagens da polícia esperando em frente à casa de Flordelis.

A ex-deputada também está proibida de manter contato com qualquer um dos outros acusados e, por isso, ela será encaminhada a uma unidade prisional diferente.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Comments (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *