Joice Hasselman caiu e não houve agressão, segundo Polícia Civil do Distrito Federal

A resolução do caso da deputada Joice Hasselman é de que houve “queda da própria altura”. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal, por intermédio da 2ª DP, localizada na Asa Norte, as investigações concluíram nesta sexta-feira (13/08/2021), que a queda da parlamentar foi decorrente dos efeitos do remédio para dormir. A deputada afirma ter tomado, antes de dormir na madrugada do dia 18 de julho, o remédio para insônia chamado Stilnox, cujo princípio ativo, o zolpidem, pode ocasionar quedas graves.

Diz a bula: “Devido às suas propriedades farmacológicas, o zolpidem pode causar sonolência e diminuição do nível de consciência, que pode levar a quedas e, consequentemente, a lesões severas”.

As investigações concluíram que não há quaisquer evidências ou elementos que apontassem para a prática de violência doméstica ou atentado/agressão por parte de terceiros. O procedimento foi encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público e corre em segredo de justiça.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Comments (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *