Siga nossas redes

Política

PT condena o que chama de “política de agressão” dos EUA à Rússia em relação à guerra na Ucrânia

Published

on

O PT no Senado condenou nesta quinta-feira (24/02/2022) o que chama de “política de agressão” dos EUA à Rússia. O líder da bancada na Casa, Paulo Rocha (PT-PA), assinou a nota que o partido divulgou em seu site oficial, mas depois retirou o texto do ar porque este estaria sofrendo “algumas alterações”.

Segundo o texto, os Estados Unidos têm uma “política belicosa” e que “nunca se justificou” no cenário geopolítico internacional.

Confiram a nota:

“O PT no Senado condena a política de longo prazo dos EUA de agressão à Rússia e de contínua expansão da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em direção às fronteiras russas. Trata-se de política belicosa, que nunca se justificou, dentro dos princípios que regem o Direito Internacional Público”.

A sigla dizia ainda que essa política norte-americana era o que explica o conflito com a Ucrânia. Escreveu também que o embate, na verdade, seria entre EUA e Rússia porque o país norte-americano não aceitava “uma Rússia forte e uma China que tende a superá-los economicamente”.

Apesar das críticas aos EUA e à Otan, o partido lamentava a guerra no texto. Isso porque, segundo a sigla, a guerra seria prejudicial para todo o mundo. Isso porque os envolvidos são potências nucleares.

“O PT no Senado defende o imediato cessar das hostilidades e conclama a todas as partes envolvidas a que voltem à mesa de negociação, com base nos acordos de Minsk.”.

*Informações do site Poder360

Confiram o post que foi apagado:

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas