Saiba Como Votou Cada Deputado Baiano Sobre O Voto Impresso De Bolsonaro

A PEC 135 de 2019 determina a obrigatoriedade da impressão de cédulas físicas em eleições, plebiscitos e referendos. Esses papéis seriam depositados em urnas para fins de auditoria, segundo a proposta. Quem votou ‘sim’ é a favor do voto impresso. Quem votou ‘não’ é contra o voto impresso.

O relatório favorável à PEC do voto impresso já havia sido rejeitado na comissão especial em 5 de agosto de 2021 por 23 votos a 11. Ainda assim, a PEC foi levada ao plenário da Câmara, onde foi novamente rejeitada na votação em 1º turno, em 10 de agosto de 2021, e deve ser arquivada.

Saiba quem foram os deputados que votaram SIM e seguiram a orientação do presidente Bolsonaro derrotado;

  • Afonso Florence – NÃO
  • Alex Santana – SIM
  • Alice Portugal – NÃO
  • Antonio Brito – NÃO
  • Bacelar – NÃO
  • Cacá Leão – SIM
  • Claudio Cajado – SIM
  • Daniel Almeida – NÃO
  • Félix Mendonça jr – NÃO
  • Igor Kannário – SIM
  • João Carlos Bacelar – NÃO
  • Jorge Solla – NÃO
  • José Rocha – NÃO
  • Joseildo Ramos – NÃO
  • Leur Lomanto Júnior – SIM
  • Lídice da Mata – NÃO
  • Marcelo Nilo – NÃO
  • Márcio Marinho – SIM
  • Mário Negromonte Jr. – NÃO
  • Otto Alencar Filho – NÃO
  • Paulo Magalhães – NÃO
  • Professora Dayane Pimentel – NÃO
  • Sérgio Brito – NÃO
  • Tia Eron – SIM
  • Tito – SIM
  • Raimundo Costa – NÃO
  • Uldurico Junior – SIM
  • Valmir Assunção – NÃO
  • Waldenor Pereira – NÃO
  • Zé Neto – NÃO

Comments (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *