Siga nossas redes

saúde

Pfizer diz que pode fazer vacina para variante da África do Sul em 100 dias

Published

on

A farmacêutica americana Pfizer afirmou em anúncio nesta sexta-feira (26) que pode desenvolver e produzir uma vacina sob medida para a nova variante B.1.1.529 do Sars-CoV-2, coronavírus causador da Covid-19, em um prazo de 100 dias.

A nova variante foi detectada pela primeira vez na África do Sul e reúne dezenas de mutações na proteína spike, espécie de coroa de espinhos que reveste o Sars-CoV-2 e é usada pelo vírus para atacar as células humanas.

“Caso surja uma variante do vírus Sars-CoV-2 que escape da vacina, a Pfizer e a Biontech preveem que são capazes de desenvolver e produzir uma vacina sob medida contra a variante em cerca de 100 dias”, disse a farmacêutica à ANSA.

A empresa disse ainda que já está estudando a B.1.1.529 e deve divulgar os primeiros dados “em no máximo duas semanas”. Assim como a maioria das vacinas já disponíveis, a da Pfizer se baseia na proteína spike. No entanto, existe o temor de que a B.1.1.529 possa escapar dos anticorpos gerados pelos imunizantes.
Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas