De favorita a odiada: Sarah é eliminada do BBB com 76% dos votos

A jornada em busca do prêmio de R$ 1,5 milhão acabou na terça-feira (30) para a consultora de marketing Sarah Andrade, eliminada do Big Brother Brasil com 76,76% dos votos em um paredão contra Juliette e Rodolffo.

Derrotada pelos ex-amigos e aliados, a brasiliense, que chegou a ficar no pódio do público como favoritas ao prêmio recebendo 0,37% dos votos em um paredão, afirmou ter ficado surpresa com um dos motivos que a levou deixar a casa, seu afastamento de Juliette. Segundo a loira, a amizade do G3 acabou por ela ter acreditado que a paraibana estava tentando manipular o jogo usando eles dois.

“Quando eu via ela falando muito bonito, me assustava e tinha medo de ela estar tentando manipular o jogo. Eu ficava ‘será que essa pessoa que eu tenho que me preocupar?’ . Estava com esse medo. A única coisa que me deram de conselho era ‘cuidado para não achar que todo mundo é seu amigo’. Eu desconfiei da pessoa errada”.

Tiago Leifert e Ana Clara não mencionaram as maiores críticas relacionadas a Sarah Andrade feita pelo público, que foram as declarações sobre a pandemia do coronavírus. A participante começou a se queimar quando disse gostar de Bolsonaro e revelou que não cumpria o isolamento social.

A produção do programa deu uma bronca de forma coletiva no elenco, sem direcionar as palavras para a sister. Desde então, a consultora de marketing, que tinha batido 8 milhões de seguidores no Instagram, perdeu 1 milhão.

A saída de Sarah abalou o economista Gilberto, que se desesperou após a eliminação e teve uma crise de choro. “Não era para ela sair não. Era minha culpa, eu falei… Era para eu estar no paredão”, disse Gil em meio às lágrimas.

Comments (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: