Copa América: STF forma maioria para permitir a realização da competição no Brasil

Na tarde desta quinta-feira (10/06/2021), o Supremo Tribunal Federal (STF) iniciou uma sessão extraordinária (emergencial) para decidir sobre a realização da Copa América 2021 no Brasil.

Três ações distintas são analisadas pelos ministros do Supremo nesta quinta-feira. Uma delas é da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos, que pede a suspensão da competição em caráter liminar por conta do risco de aumento de casos e mortes por Covid-19.

A outra, do PSB (Partido Socialista Brasileiro), defende que sediar o evento viola os direitos fundamentais à vida e à saúde. Ambas são relatadas pela ministra Cármen Lúcia.

A terceira ação, apresentada pelo PT (Partido dos Trabalhadores), tem como relator o ministro Ricardo Lewandowski. No pedido, o partido também argumenta que a autorização do evento no Brasil viola o direito à saúde.

O resultado parcial está em um placar de 6 (ministros Marco Aurélio, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Edson Fachin, Gilmar Mendes e Dias Toffoli) x 0 (ministro) pela suspensão da realização da Copa América. Faltam ainda 5 ministros votarem. Mesmo votando a favor, Ricardo Lewandowski determinou que o governo federal envie ao STF até 24 horas antes do início da competição (até 18h00 deste sábado dia 12/12/2021), um plano detalhado com ações de prevenção contra a Covid-19 no evento.

A competição seria inicialmente realizada na Argentina e Colômbia, mas por conta da desistência da Colômbia após protestos violentos no país por problemas políticos, a Argentina se tornou sede única, mesmo tendo o Chile, Equador, e Venezuela se oferecendo para substituir a Colômbia. No domingo dia 30 de maio a Argentina desistiu de sediar, e correndo contra o tempo a CONMEBOL tentou e conseguiu tornar o Brasil sede da competição, e isso virou motivo de debate desde segunda-feira, dia 31 de maio, quando o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), através de Rogério Caboclo (afastado desde o dia 06/06/2021 por denúncia de assédio), e o Governo Federal, através do presidente Jair Bolsonaro, aceitaram sediar a Copa América 2021.

Os jogadores titulares da seleção brasileira chegaram a ser dúvida de entrariam em campo, por demonstrarem insatisfação com a competição em ser realizada no Brasil, mesmo no período de pandemia, mas na última terça (08/06/2021), após o jogo contra o Paraguai válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, eles anunciaram que mesmo insatisfeitos entrariam em campo. O primeiro jogo será domingo (13/06/2021) entre Brasil x Venezuela, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, às 18h00, com transmissão do SBT (TV Aberta) e do Grupo Disney através dos canais Fox Spors e ESPN (TV Paga).

Comments (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: