Anvisa vai acionar a PF depois de ter a conta hackeada com bandeira da Argentina

A página do site da Anvisa onde se encontra a Declaração de Saúde do Viajante (DSV) foi hackeada nesta quarta-feira (08/09/2021) e substituída por uma bandeira da Argentina. O ataque acontece após a suspensão do jogo contra o Brasil, no último domingo (05), pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

“Não ficamos de “quarenta” para passear pelos seus servidores. Vamos ser expulsos também?”, escreveram os hackers na página.

No domingo (05), agentes da Anvisa interromperam o jogo com menos de cinco minutos de bola rolando. Isso porque o goleiro Emiliano Martinez e o meia Emiliano Buendia, do Aston Villa, e o meia Giovani Lo Celso e o zagueiro Cristian Romero, do Tottenham, estiveram na Inglaterra e não cumpriram a quarentena de 14 dias, como manda o protocolo do Brasil.

Em contato com a reportagem do site SBT Sports, a Anvisa informou que vai acionar a Polícia Federal. “Diante a ação criminosa ocorrida na tarde desta quarta-feira, a Agência está acionando de imediato a Polícia Federal e adotando as medidas técnicas cabíveis”, disse.

Ainda hoje, a entidade publicou uma linha do tempo das ações que resultaram na suspensão do clássico. De acordo com o documento, a delegação da Argentina se recusou a receber as notificações sanitárias.

 

Comments (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *