Connect with us

coronavírus

Fabricante da Covaxin rescinde contrato com a Precisa Medicamentos

Published

on

Em nota divulgada nesta sexta-feira (23/07/2021), o laboratório indiano Bharat Biotech, fabricante da vacina Covaxin, anunciou a rescisão de seu contrato com a Precisa Medicamentos, que intermediava a venda do imunizante no Brasil.

Segundo o site SBT News, a Bharat informou que continuará trabalhando com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para conseguir as aprovações necessárias para o uso do imunizante no país. O laboratório também enfatizou que todas as suas ações, incluindo acordos globais, são feitos de acordo com as leis locais e que seus funcionários seguem os mais altos padrões éticos e de integridade o tempo todo.

“Informa-se, ainda, que a empresa não recebeu adiantamento nem forneceu vacinas ao Ministério da Saúde do Brasil”, esclarece a nota.

O contrato para a compra da Covaxin no Brasil foi firmado entre o Ministério da Saúde e a Precisa Medicamentos em fevereiro deste ano e contava com a aquisição de 20 milhões de doses da vacina.

Em nota, a Precisa Medicamentos lamentou o cancelamento do memorando de entendimento que havia viabilizado a parceria com a Bharat Biotech para a importação da vacina Covaxin ao Brasil. “A decisão, precipitada, infelizmente prejudica o esforço nacional para vencer uma doença que já ceifou mais de 500 mil vidas no país e é ainda mais lastimável porque é consequência direta do caos político que se tornou o debate sobre a pandemia, que deveria ter como foco a saúde pública, e não interesses políticos”.

O acordo com a Precisa é investigado pelo Ministério Público Federal, que identificou indícios de crime no contrato e suspeita de superfaturamento, corrupção, entre outras possíveis irregularidades. A CPI da Pandemia, no Senado Federal, também está apurando o caso.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As mais lidas