Moraes pede vista e adia julgamento de chapa de Bolsonaro no TSE

(Foto: Agência Brasil)
O ministro Alexandre de Moraes, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), pediu vista nos processos que apuram a responsabilidade da chapa do presidente da República, Jair Bolsonaro, na época filiado ao PSL, e seu então candidado a vice-presidente, Hamilton Mourão, nas eleições de 2018, por um ataque numa rede social que teria beneficiado suas campanhas na época.
Moraes, que seria o penúltimo a votar no processo, pediu vista para tomar conhecimento mais aprofundado do caso e avaliar o voto do ministro Edson Fachin, que foi contrário ao do relator do caso, ministro Og Fernandes.
Assim, o julgamento é adiado pela segunda vez, já que em 2019 o ministro Edson Fachin havia pedido vista.

Comments (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: