ACM Neto: “Não dá para passar a mão na cabeça de bandido”

O candidato a governador da Bahia, ACM Neto, fez fortes declarações sobre suas pretensões diante da segurança pública do estado caso se torne, de fato, governador.

Em entrevista à Rádio Sociedade da Bahia, o ex-prefeito de Salvador declarou que os criminosos estão obtendo maior poder no estado do que a própria polícia.

“Existem muitos lugares no estado que a polícia não consegue entrar, que são dominados pelos bandidos, que o tráfico de drogas comanda, o bandido está mais equipado que a polícia (…) não dá para passar a mão na cabeça de bandido”, afirmou.

Neto ainda chegou a opinar sobre o atual secretário de Segurança Pública e, sem papas na língua, afirmou que trocaria o comando do setor.

“Tanto o governador Rui Costa como Jaques Wagner não agiram com a firmeza necessária, nada justifica esse secretário de Segurança Pública continuar comandando a Bahia (…) é preciso ter um governador que a primeira coisa que faça é botar para fora todo o comando da polícia e exonerar o secretário. Era o que o governador devia ter feito há muito tempo”, opinou.

Ao comentar sobre os presídios, ACM Neto afirmou que “o sistema prisional da Bahia não funciona”. A afirmação é dada após diversos casos de materiais sendo jogados no Presídio Lemos Brito, além de detentos fugindo e celulares sendo encontrados nas celas.

Segundo Neto, a ideia é que, caso se torne governador, novos presídios de segurança máxima sejam feitos, facções sejam separadas e que chefes dos grupos criminosos sejam tratados de forma “duríssima”. O ‘corte’ de comunicação entre os líderes das facções com traficantes de fora da cadeia também é um dos planos de ACM Neto.

Total
3
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts