Siga nossas redes

Esportes

STJD devolve pontos ao Brusque perdidos por causa de racismo, e tabela da série B muda

Published

on

O recurso do Brusque no caso de injúria racial contra Celsinho, do Londrina, foi aceito em julgamento no Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quinta (18/11/2021). Com a nova decisão, o clube recuperou os três pontos que haviam sido perdidos na tabela de classificação da Série B.

Agora, os catarinenses sobem para a 14ª colocação, com 44 pontos, e encaminham a permanência na segunda divisão A decisão foi aceita por maioria dos auditores, com exceção do relator Maurício Neves Fonseca, que defendeu a permanência da perda de pontos.

Apesar da devolução dos pontos, o Brusque ainda terá de pagar uma multa no valor de R$ 60 mil e permanecem a suspensão de 360 dias e a multa de R$ 30 mil ao dirigente Júlio Antônio Petermann, autor das ofensas.

A decisão do STJD gerou revolta entre as pessoas presentes. A defesa do Brusque chegou a usar como argumento que “o cabelo dos funcionários do Brusque parecem com o do Celsinho e eles não acham que é racismo”, “racismo sempre existiu” e “chamar de macaco não é de extrema gravidade”.

Na partida entre as equipes realizada em 28 de agosto, Petermann disse para Celsinho “cortar esse cabelo, seu cachopa de abelha”. O jogador também foi chamado de “macaco”.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As mais lidas