Connect with us

Televisão

Globo e CONMEBOL chegam a um acordo da rescisão e poderá disputar os direitos da Libertadores 2023

Published

on

A Globo e a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) chegaram nesta segunda-feira (25/10/2021) a um acordo sobre a rescisão de contrato dos direitos de transmissão da Libertadores. Agora, a emissora pode entrar na disputa pelo principal torneio de clubes da América do Sul e pela Copa Sul-Americana, a partir de 2023.

A informação foi publicada em comunicado pela entidade máxima do futebol latino. “Conmebol e Globo chegaram a um acordo e decidiram encerrar a arbitragem em curso na Suíça por conta da rescisão do contrato de direitos da Copa Libertadores de 2019 a 2022”, afirmou.

A Conmebol também celebrou este acordo: “O entendimento reforça o respeito que sempre caracterizou a parceria de longa data entre as duas instituições”. A Globo foi procurara pelo site Notícias da TV e ratificou a nota divulgada pela Conmebol. A Conmebol cobrava multa de US$ 120 milhões (R$ 671 milhões pela cotação atual).

Segundo apurou a coluna, o acordo foi extrajudicial e a emissora pagará um valor parcelado ao longo dos próximos dois anos como uma espécie de multa. Agora, a Globo também poderá entrar na disputa para retomar a Libertadores a partir de 2023, quando começa o novo ciclo. O modelo feito é parecido com que a Globo fez com a Fifa pelo mesmo motivo recentemente.

O fato é uma má notícia para o SBT, já que a Libertadores é o produto de principal audiência na emissora na Grande São Paulo, sempre ultrapassando a marca dos 10 pontos de média. Se perder o torneio, a emissora de Silvio Santos estará em maus lençóis.

A volta da amizade entre Globo e Conmebol também é uma má notícia para a Disney e WarnerMedia. Os direitos que a Globo pode pegar de volta valem para TV por assinatura. As duas empresas americanas vão entrar na nova licitação para toda a América Latina e serão concorrentes fortes da Globo.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As mais lidas