Siga nossas redes

Mundo

Após ter casamento arranjado, atriz afegã foge para trabalhar em filme pornô

Published

on

Yasmeena Ali, de 28 anos, natural do Afeganistão, contou que decidiu se tornar atriz na indústria pornográfica após se recusar a um casamento arranjado pela sua família.

Em uma entrevista ao jornal “Daily Star”, ela contou que sua família deixou o Afeganistão depois que o Talibã ganhou o poder na década de 1990. Eles se mudaram para o Reino Unido e, por lá, recebeu educação e aprendeu a ler e escrever.

No entanto, aos 19 anos, seus pais queriam que ela ficasse noiva mesmo com a negativa dela. Por essa razão, Yasmeena decidiu fugir, abandonou o Islã, se tornando ateia, e depois mirou na pornografia. Durante todos esses anos, ela confessou que não fala com a família desde que saiu de casa.

“Eu fugi aos 19 anos porque eles queriam que eu me casasse contra a minha vontade. Não houve discussão sobre o que eu penso. Não há diálogo, é apenas obediência cega”, disse ela.

Sobre a possibilidade de voltar a falar com a sua família, a atriz pornô foi direta. “Não falei com nenhum deles e não pretendo falar com eles nunca mais. Esse é um capítulo concluído porque as famílias devem ser solidárias e encorajadoras”, disse.

Ao ser questionada sobre o que eles pensam sobre a profissão dela, Yasmeena acredita que eles devem rechaçar o trabalho no mundo pornográfico.

“Não temos valores compartilhados e não me importo com o que pensam sobre mim fazendo pornografia. Tenho certeza que eles pensam muito mal de mim, eu realmente não ficaria surpreso”, afirmou.

Mesmo com a vida em um novo país, a atriz disse que, no Reino Unido, ainda havia muitas restrições na sua vida. “Com meus pais, sempre havia uma ameaça constante de que, se eu não tirasse boas notas, eles me mandariam de volta para o Afeganistão. Sempre tirei boas notas na escola e trabalhava muito duro e recebia bons feedbacks dos professores que até diziam aos meus pais que eu estava fazendo muito dever de casa.

*Informações do UOL Notícias

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas