Connect with us

Política

Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprova cassação do mandato de Flordelis

Published

on

Por 16 votos a 1, o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (08/06/2021) o parecer pela cassação do mandato da deputada Flordelis (PSD-RJ) por quebra de decoro parlamentar. Ela é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, pastor Anderson do Carmo, ocorrido em 16 de junho de 2019, em Niterói (RJ). O único voto contrário à cassação foi do deputado Márcio Labre (PSL-RJ).

O parecer agora terá que ser votado no Plenário da Câmara dos Deputados. Se aprovado, a deputada perderá o mandato.

O relator do caso, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), apontou a briga de poder entre a deputada e o marido como motivação do crime. Segundo o relatório, Flordelis escolheu matar o marido para exercer de forma plena sem mandato porque antes disso, ele era o deputado de fato, apesar de ela ter sido eleita.

Leite disse ainda argumentou deixou de fora do parecer inúmeros crimes e suspeitas contra a deputada para focar no que estava relacionado ao mandato especificamente.

“Eu diria que se existisse o crime de estelionato eleitoral o conceito dele estaria embasado no seu caso. Tentei, ao máximo, poupar esse Conselho de Ética de fatos trazidas neste processo, que, por si só, já configurariam quebra de decoro. Escândalos sexuais, abusos sexuais, adoção à brasileira, rachadinha. Muitas informações que não agregariam nada na justiça que se pretende fazer nesse relatório”, destacou.

“O grande segredo deste relatório foi não se perder em tantas provas robustas e concentrar somente aquilo que é inerente e concerne ao mandato legislativo”, explicou Leite.

*Informações do site Metrópolis

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As mais lidas