Caso Iuri Sheik: “Através do júri popular, obteremos a condenação”, afirma advogado da vítima

A Justiça deve decidir em breve se o digital influencer Iuri Santos Abrão, o Iuri Sheik, irá a júri popular pela morte do empresário William de Oliveira.

A audiência ocorrida na manhã de terça-feira (19) ouviu testemunhas do caso, além do próprio Iuri. Agora, o Ministério Público tem um prazo de cinco dias para as alegações finais do caso.

Em contato com a defesa da família de William de Oliveira, foi comunicado ao Sessão que após as alegações finais feitas pelo MP, os advogados também terão um prazo de cinco dias para dar seu parecer para, dessa forma, o processo ser concluído e ser decidido se o caso irá a júri popular.

“Nossa expectativa é que a decisão seja positiva no sentido de ter a pronúncia do juíz que definirá o júri popular.

Através do júri popular obteremos a condenação”, declarou Gabriel Bomfim, advogado da família da vítima.

Iuri Sheik está em liberdade desde setembro de 2020, quando a Justiça concedeu habeas corpus a pedido da defesa do autor do crime.

A Primeira Câmara Criminal 1ª Turma do Tribunal de Justiça da Bahia confirmou a decisão liminar proferida pelo desembargador Eserval Rocha, que colocou o autor confesso do crime de volta às ruas. Em liberdade, Iuri Sheik se mudou para São Paulo

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts