Diretores da Anvisa recebem ameaças de morte para negar aplicação de vacina contra Covid-19 em crianças

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou, nesta sexta-feira (29/10/2021), que cinco diretores receberam ameaças de morte na hipótese de eventual aprovação pela Anvisa de vacinas contra covid-19 para crianças entre 5 a 11 anos de idade.

Segundo a agência reguladora, as ameaças foram feitas por e-mail na quinta-feira (28/10/2021), às 8h31. Além dos diretores, instituições escolares do Estado do Paraná também foram alvo das intimidações.

“Diante da gravidade do fato, a Anvisa informa que oficiou imediatamente às autoridades policiais e o Ministério Público, nos âmbitos Federal, Estadual e Distrital, entre outras, para adoção das medidas cabíveis”, disse a instituição.

As ameaças foram feitas um dia depois da Pfizer anunciar que irá pedir a aprovação do uso da vacina nas crianças entre 5 e 11 anos à Anvisa. De acordo com o laboratório, a solicitação será enviada em novembro.

Nos Estados Unidos, a agência reguladora do país, FDA, já havia recomendado a utilização do imunizante para a faixa etária. A dose aplicada nas crianças será dois terços menor que ministrada em adolescentes e adultos.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Comments (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *