Tudo de Novo: Tribunal de Justiça derruba recurso e o SBT volta a ser impedido de encerrar contrato com a TV Tribuna-ES

O SBT teve negado, pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), o recurso para derrubar a decisão que o impediu de encerrar contrato com a TV Tribuna, sua afiliada no Espírito Santo desde 1985. O contrato entre as duas empresas terminaria no último dia 1º de julho, mas o Grupo João Santos, dono da empresa capixaba, tem conseguido, por meios judiciais, impedir a rescisão contratual da afiliação.

Na primeira instância, a Justiça de São Paulo havia decidido que não atenderia ao pedido da emissora de Silvio Santos porque a decisão que barrou o rompimento do contrato saiu de Pernambuco, onde tramita o processo de recuperação judicial do Grupo João Santos, dono da Rede Tribuna.

Com a nova decisão contrária no TJSP em segunda instância, o SBT continua obrigado a transmitir a programação pela TV Tribuna.

Na sexta-feira (21/07/2023), uma semana depois de a Justiça de Pernambuco acatar, de forma liminar, pedido do SBT de garantir seu intuito de não renovar o contrato com a TV Tribuna no Espírito Santo, o mesmo desembargador responsável pela decisão voltou atrás e determinou que a emissora fundada por Silvio Santos siga com contrato firmado com a Rede Tribuna por mais cinco anos.

Agora, a Justiça de São Paulo decidiu negar o recurso, “diante da insuficiente demonstração do alegado dano de difícil reparação a ser imposto a recorrente, bem como porque não emergiu dos autos a necessária prova inequívoca” que embasaria as alegações.

O SBT tem até 15 dias para se manifestar sobre a negativa, relatada por Simões de Vergueiro, da 16ª Câmara de Direito Privado.

*Informações do site A Gazeta

Contato da redação ou setor comercial:

Envie E-mail para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts