Siga nossas redes

Política

Senado aprova texto-base do projeto que limita o ICMS sobre combustíveis

Published

on

Senado aprovou o texto-base do projeto que limita as alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis. Em votação, nesta segunda-feira (13/06/2022), os congressistas votaram para que estados não cobrem mais de 17% sobre os combustíveis. As medidas também valem para o gás natural, energia elétrica, transporte público e comunicações.

O texto-base passou entre os senadores por 65 a 12 votos. O plenário ainda vota sobre os destaques, que podem mudar o texto já aprovado. Assim que passar pelo Senado, o texto voltará à Câmara para análise dos deputados, devido as mudanças adotadas pelos senadores.

Ao todo, foram apresentadas 77 propostas de mudança ao texto. O relator, senador Fernando Bezerra (MDB-PE), manteve a parte principal do projeto, que é tornar combustíveis, transportes públicos, energia elétrica e comunicações como serviços essenciais. Ao fazer a mudança, o imposto sobre esses itens não podem ser superiores a 17% ou 18%.

O senador também incluiu no texto levar a zero as alíquotas do PIS, Cofins e Cide, que são impostos federais, sobre a gasolina e o álcool até 31 de dezembro. A medida foi proposta pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) no início do mês.

Estados que tiverem perda de arrecadação maior que 5% devido a medida serão compensados, por meio do abatimento de parcelas de dívidas com a União. Os que não tiverem dívidas receberão por meio de reposição de perdas, a partir de 2023.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas