SEM PRECEDENTES: Ministério da Saúde “encontra” 100 mil doses da CoronaVac que estavam perdidas

O Brasil se aproxima da marca de 400 mil mortos por Covid-19. Esse número, caso a média móvel seja mantida, deve ser ultrapassado neste final de semana. Sem vacina para todos, o governo Bolsonaro conseguiu a proeza de perder e depois “achar” 100 mil doses da CoronaVac que estavam perdidos no Ministério da Saúde.

A denúncia foi feita na noite de ontem (28) por deputados federais da oposição no Twitter. “ABSURDO!!! O Ministério da Saúde “achou” hoje 100 mil doses da CoronaVac que estavam “perdidas” em seu estoque. Não é incompetência, é projeto de extermínio! Impeachment é pouco. O lugar desse bando é na cadeia”, escreveu Marcelo Freixo, do PSOL-RJ.

Logo depois, a deputada Jandira Feghali, do PCdoB-RJ, também comentou sobre o assunto. “INACREDITÁVEL! Depois de enviar vacinas do Amazonas para o Amapá, O Ministério da Saúde “achou” 100 mil vacinas que estavam “perdidas” em seu estoque. Um produto que salva vidas! Um volume enorme com armazenamento especial! Como???”, postou.

A psolista Sâmia Bonfim, de São Paulo, também criticou o ministério. “Ministério da Saúde ACHOU 100 mil doses da CoronaVac em um estoque. A pergunta é… como foi que se PERDEU essas 100 mil doses a princípio?”, questionou. Quem também criticou o descaso do governo foi o deputado Helder Salamão (PT-ES): “100 mil doses ESQUECIDAS! BOLSONARO TEM QUE CAIR!”.

Governos e prefeituras do Brasil suspenderam o calendário de imunização por causa da falta de vacinas em estoque, seja para 1ª ou 2ª dose. Até o fechamento dessa reportagem o Ministério da Saúde não havia se posicionado sobre o caso.

Comments (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *