Radialista registra BO após homem gravar vídeo citando ele com arma em punho

O radialista Roque Santos, 43 anos, registrou um boletim de ocorrência (BO) na tarde desta terça-feira (19), após ser ameaçado por um homem que aparece, em vídeo, segurando uma arma de fogo. Ele se identifica como Renan Muniz. A gravação foi feita após o comunicador, que faz parte dos ‘Campeões da Bola’, do Grupo Metropole, e também trabalha em uma rádio de Camaçari, noticiar uma prisão de Renan por violência doméstica.

“Há cerca de três semanas ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar, em Camaçari. Acusado de crime pela Lei Maria da Penha, ele bateu na esposa e a ameaçou com um revólver. A arma foi apreendida. No dia seguinte, ele conseguiu um alvará de soltura, mas o juiz impôs restrições, como não se ausentar da comarca e entregar a outra arma, que a esposa informou que ele tinha”, conta Santos.

“Na ocasião, eu noticiei o fato jornalisticamente, pelo meu programa de rádio. Hoje fui surpreendido com esse vídeo dele dizendo que eu estava caluniando ele, que ele não tem problema nenhum, me fazendo acusações. Então registrei um boletim de ocorrência na 10ª Delegacia Territorial de Camaçari, por calúnia, difamação e ameaça”, completou o radialista.

No vídeo, ao qual o Metro1 teve acesso, Muniz acusa Santos de uma série de irregularidades, que o radialista nega.

“Roque Santos, não adianta você tentar denegrir a minha imagem. Eu estou dentro da lei, nunca trabalhei fora da lei como você trabalha, roubando o dinheiro do povo. A sua esposa foi nomeada na prefeitura como fantasma, o seu filho tá no STT (Sargento Técnico Temporário). E te digo mais: iremos expulsar você, essa quadrilha do DEM e o PT de Camaçari. Quer vocês queiram, quer não”, declara.

Segurando o revólver, Muniz cita o nome do presidente Jair Bolsonaro (PL) e do pré-candidato ao governo da Bahia, João Roma, torcendo pela eleição de ambos, enquanto direciona ameaças a Santos.

“Aqui ó, minha arma está aqui para você, que é mentiroso, que anda denegrindo a minha imagem, tentando denegrir, não sabendo que o marginal, o vagabundo, aqui na cidade, que rouba dinheiro do povo, é você e esse prefeito que aí se encontra”, diz Muniz.

Roque Santos afirma que as acusações são falsas e ferem a sua honra. “Tive que tomar medidas”, comunicou.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts