Preparador físico do Universitario é preso por racismo contra torcida do Corinthians em jogo da Sul-Americana

Preparador físico do Universitario, do Peru, o uruguaio Sebastián Avellino foi detido nesta terça (11/07/2023) por racismo após a derrota da equipe para o Corinthians, por 1 a 0, na Neo Química Arena, em São Paulo, pela ida dos playoffs da Copa Sul-Americana.

O membro do estafe da equipe peruana foi acusado de imitar um macaco em direção à torcida do Corinthians ao final do jogo. Testemunhas acompanharam o caso no Juizado Especial Criminal (Jecrim) da Neo Química Arena.

*Informações do site CNN Brasil

Contato da redação ou setor comercial:

Envie E-mail para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts