Parceria com o Brasil continua, diz futura chanceler da Argentina

Diana Mondino, apontada como possível futura ministra das Relações Exteriores no governo de Javier Milei na Argentina, enfatizou o compromisso de manter e fortalecer a parceria com o Brasil “da melhor forma e o mais rápido possível”. Suas declarações ocorreram após um encontro com o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Mauro Vieira, neste domingo (26) em Brasília.

Mondino destacou a importância de separar a “ideologia do Estado” ao abordar as críticas de Javier Milei ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), ressaltando que ambos os países são “países-irmãos”. Ela enfatizou que a crítica à ideologia difere da crítica à pessoa, e que é crucial separar o Estado, o governo e as pessoas nesse contexto. Mondino entregou a Vieira um convite para a posse de Milei em 10 de dezembro, estendendo também convites a todos os presidentes da região e outros líderes que expressaram interesse e apoio na Argentina.

A futura chanceler ressaltou que a relação será excelente com todos os países convidados, incluindo o ex-presidente Jair Bolsonaro, que já confirmou presença. Sobre a perspectiva de uma visita de Milei ao Brasil, Mondino afirmou que seria para fins de trabalho, não de lazer.

Durante a reunião com Vieira, foram discutidos aspectos da relação bilateral e o estágio atual das negociações Mercosul-UE. Mondino enfatizou a importância de fortalecer o Mercosul e explorar acordos com a União Europeia, bem como potenciais parcerias com países como Cingapura e a EFTA, a Associação Europeia de Livre Comércio.

Diana Mondino, uma das principais colaboradoras de Milei, foi eleita deputada por Buenos Aires, representando o partido Liberdade Avança. Esta visita representa uma iniciativa, de acordo com fontes de ambos os lados, para enviar “sinais de conciliação” ao governo Lula após as críticas de Milei ao presidente brasileiro e suas declarações sobre uma possível saída abrupta do Mercosul.

Observa-se que Mondino, em consonância com o estilo de Milei, já protagonizou declarações polêmicas, como ao comparar o casamento homoafetivo com ter piolhos, uma analogia que gerou controvérsias.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts