Posted By sessaodenoticias Posted On

Omar Aziz determina a prisão de Roberto Dias durante CPI da Covid19

Segundo o Portal Terra, o presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), deu voz de prisão ao depoente da reunião desta quarta-feira, 07 de julho, o ex-diretor do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias alegando que a testemunha mentiu ao colegiado.

“Chame a polícia do Senado. O senhor está detido pela presidência da CPI”, anunciou o parlamentar. A advogada de Roberto Dias protestou e classificou a ordem de prisão como “um absurdo”.

Aziz tomou a decisão após a revelação de áudios, divulgados pela CNN Brasil, que contrariam a tese que Dias apresentou à comissão: a de que o encontro com o vendedor de vacinas e PM Luis Paulo Dominghetti aconteceu de forma acidental, tendo Dominghetti aparecido de supresa – acompanhado pelo tenente-coronel Marcelo Blanco – em um restaurante em Brasília.

“Muito possivelmente ele sabia que eu estava neste restaurante por alguma mensagem ou telefonema”, respondeu Ferreira Dias ao relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL).

“No restaurante chegou Blanco com Dominguetti. Blanco foi meu assessor, era indicação do (ex-ministro Eduardo) Pazuello e eventualmente eu conversava com ele. Ao sentar a mesa houve apresentação. Dominguetti se apresentou como alguém que trabalhava com vacina, e fez menção a oferta de 400 milhões de doses de vacina, que já havia sido circulado no ministério da Saúde”, afirmou ele.

Dois dias antes do encontro, entretanto, Dominghetti enviou um áudio a um interlocutor, de nome Rafael, sobre a compra de vacinas. “A compra vai acontecer, tá? Estamos na fase burocrática. Em off, pra você saber, quem vai assinar é o Dias mesmo, tá? Caiu no colo do Dias… e a gente já se falou, né? E quinta-feira a gente tem uma reunião para finalizar com o Ministério”, diz Dominghetti de acordo com o áudio publicado pela CNN Brasil.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Comments (0)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *