Novo surto de doenças respiratórias atingem a China

Um novo alerta sobre surtos de doenças respiratórias e casos de pneumonia em crianças na China chamou a atenção da comunidade internacional nesta semana.

Desde meados de outubro, o norte da China relatou um aumento de doenças semelhantes à gripe, em comparação com o mesmo período dos três anos anteriores, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Nos últimos dias, a imprensa de cidades como Xian, no noroeste do país, publicou vídeos de hospitais lotados de pais e crianças aguardando exames. Fotos de crianças fazendo lição de casa enquanto recebiam soro intravenoso no hospital também foram postadas nas redes sociais.

Além disso, houve preocupação com um alerta publicado na terça-feira (21/11/2023) pelo serviço de monitoramento ProMED, que faz parte da Sociedade Internacional de Doenças Infecciosas, sobre uma “pneumonia não diagnosticada – China (Pequim, Liaoning)”.

O alerta foi publicado depois que uma notícia sobre o assunto foi veiculada pela FTV News de Taiwan, também na terça-feira.

O texto padrão do aviso é similar ao utilizado no surgimento da Covid-19, em 30 de dezembro de 2019: “Pneumonia não diagnosticada – China (Hubei)”.

Entretanto, cientistas ponderaram que a semelhança entre os dois alertas não significa que os casos tenham sido causados por um patógeno emergente que poderia desencadear uma pandemia.

Eles destacaram que, com base nas informações até o momento, é mais provável que seja um aumento em outras infecções respiratórias comuns, como a gripe, como foi visto em muitas partes do mundo depois que as restrições da Covid foram suspensas. Isso também poderia sinalizar um ressurgimento da própria Covid.

*Informações do site CNN Brasil

Contato da redação ou setor comercial:

Envie E-mail para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaodnoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts