Morre o ex-presidente da China, Jiang Zemin, que comandou a transformação do país no século XXI

O ex-presidente da China Jiang Zemin, que comandou a transformação do país no século XXI e consertou laços com os Estados Unidos, morreu, nesta quarta-feira (30/11/2022), aos 96 anos. Segundo informado pela agência estatal Xinhua, o político faleceu de leucemia e falência múltipla de órgãos, às 12h13 (horário local), em Xangai.

Zemin foi visto pela última vez em público em 2019, durante um desfile militar que marcou o 70º aniversário da fundação da República Popular da China. “A morte do camarada Jiang Zemin é uma perda incalculável para o nosso partido, nossos militares e nosso povo de todos os grupos étnicos”, escreveu o Partido Comunista, em nota.

O político assumiu o comando da China em 1993, poucos anos após a repressão militar da Praça Tiananmen, que deixou centenas de mortos e milhares de feridos. Apesar do cenário internacional negativo, Zemin conseguiu tirar o país do isolamento diplomático e consertou barreiras com os norte-americanos, auxiliando a economia nacional.

Quando o político deixou o cargo de presidente, em 2003, a China era membro da Organização Mundial do Comércio (OMC), avançando para assumir o papel de superpotência global. Um ano depois, em 2004, Zemin oficializou a aposentadoria, deixando a liderança da Comissão Militar Central.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts