Ministério espera incluir Allan dos Santos na Difusão Vermelha da Interpol

Depois de enviar a documentação para incluir o blogueiro Allan dos Santos na Difusão Vermelha da Interpol, a cúpula atual do Ministério da Justiça espera que o impacto internacional dos atos antidemocráticos de domingo (8) agilize o processo de prisão. As informações são da Veja.

Acusado de disseminar fake news, Santos teve a prisão decretada em outubro de 2021, mas desde então não foi capturado pela polícia brasileira. Ele vive nos Estados Unidos. O fundador do site Terça Livre teve perfis em redes sociais e aplicativos bloqueados pela Justiça brasileira, mas criou canais alternativos. Em novembro, o Supremo Tribunal Federal cancelou o passaporte de Santos.

Nos primeiros dias de janeiro, o Ministério da Justiça acionou a Interpol. A desconfiança do ministério é que a inclusão dele na Difusão Vermelha não andava em função da proximidade do procurado pela Justiça com o então presidente Jair Bolsonaro.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts