Mario Frias deve deixar o comando da Secretaria de Cultura, diz jornal

O secretário Especial de Cultura do governo Bolsonaro, Mario Frias, deve deixar o cargo nos próximos dias. É o que diz o jornal Folha de São Paulo, que escutou servidores de órgãos vinculados ao atual governo.

Os funcionários ouvidos pela reportagem, em condição de anonimato, deram como certa a saída de Mario da pasta ligada ao Ministério do Turismo. O ator, mais conhecido por seu papel em Malhação, esteve no centro de uma polêmica na última semana, ao ter descoberto o gasto de R$ 78 mil em uma viagem para Nova York, junto com seu secretário-adjunto, Hélio Ferraz, onde se encontrou com o lutador de jiu-jítsu Renzo Gracie, com quem tratou sobre um projeto.

Para o seu lugar, é cotada a atual presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Larissa Peixoto Dutra, que assumiria o cargo nos primeiro dias do mês de março. Procurada pela Folha, a pasta não confirmou as informações. Mario Frias está no comando da secretaria desde junho de 2020 e se filiou recentemente ao PL, nova casa do presidente Jair Bolsonaro.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts