Lula se nega a falar sobre motim na Rússia: “não tenho as informações necessárias para te falar”

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), não quis se pronunciar neste sábado (24/06/2023) sobre a rebelião armada do grupo mercenário Wagner, na Rússia. Segundo o mandatário, é preciso que se informe melhor para poder avaliar o tema. Lula deu a declaração durante uma coletiva de imprensa em Paris, na França.

“Lamentavelmente eu não posso falar porque eu não tenho as informações necessárias para te falar. Eu, quando chegar ao Brasil, que eu me informar de tudo o que aconteceu ontem, que tiver várias informações, aí eu posso te falar, mas agora seria chutar, sabe, de forma precipitada uma informação que eu não tenho (…)  Eu só não posso comentar uma coisa que eu não li, que eu não conheço. Seria precipitado da minha parte fazer juízo de valor sobre qualquer assunto”, afirmou.

Neste sábado (24), o grupo mercenário Wagner, que até então era aliado do Kremlin na guerra da Ucrânia, convocou uma rebelião armada para derrubar o ministro da Defesa da Rússia.

Apesar de não ter comentado a rebelião, Lula reiterou: “Eu sou contra a guerra. Eu quero paz”, disse, complementando que: “Nós condenamos a invasão da Rússia ao território da Ucrânia. Isso está declarado e votado na ONU, mas isso não implica que vou ficar fomentando a guerra”.

*Informações do site O Tempo

Contato da redação ou setor comercial:

Envie E-mail para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts