Lula critica gestões anteriores do Brasil durante reunião com Portugal

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e alguns de seus ministros assinaram 11 acordos com Portugal na tarde deste sábado (22), em Lisboa, que tratam de assuntos que vão de educação a saúde, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo. Lula, que participa da 13ª Cúpula Luso-Brasileira, criticou gestões anteriores do Brasil e retomou o assunto do conflito entre Rússia e Ucrânia.

“Houve irresponsabilidade de quem governou o Brasil nos últimos seis anos”, disse o petista, referindo-se a Jair Bolsonaro e a Michel Temer. As declarações ocorreram no encerramento da cúpula.

Lula foi recebido pelo presidente português Marcelo Rebelo de Sousa e irá se reunir com o primeiro ministro António Costa. Lula embarcou para Portugal na noite desta quinta-feira (20). O evento deve se encerrar às 20h no horário local (16h de Brasília). Essa é a primeira visita do presidente à Europa em seu terceiro mandato, onde participa da principal cúpula bilateral entre os dois países.

Outras declarações
O presidente brasileiro também afirmou que nunca igualou responsabilidades de Rússia e Ucrânia ao comentar a guerra. As recentes declarações do presidente sobre o conflito geraram mal estar na relação com os Estados Unidos e Europa.

Ainda durante a cúpula, ao comentar a relação entre Portugal e Brasil, Lula mencionou um esterótipo do país lusitano, criticado por portugueses residentes do Brasil. O presidente disse que “nenhum brasileiro consegue comprar pão de manhã sem conversar com um português”.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts