Ludmilla vence processo contra Marcão do Povo por acusação de injúria racial

O apresentador Marcão do Povo foi condenado hoje (22/06/2023), de forma unânime, pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) pelo crime de racismo praticado contra a cantora Ludmilla.

A vitória aconteceu após os advogados de Ludmilla, Rafael Vieites, Felipe Rei e Bernardo Braga recorrerem da decisão do Juiz da 3ª Vara Criminal de Brasília, que absolveu Marcão do Povo no processo movido pela cantora e pelo Ministério Público, em 2021.

Segundo o Portal Splash, a assessoria da cantora informou que o Tribunal determinou uma pena de 1 ano e 4 meses de prisão ao apresentador.

Além disso, Marcão do Povo terá que pagar uma indenização para Ludmilla. O valor será doado pela cantora a uma instituição dedicada à causa racial e ao combate ao racismo.

 

Motivo do processo

Em 2017, o apresentador se referiu à cantora como “pobre macaca”, enquanto apresentava o programa “Balanço Geral” do Distrito Federal, transmitido pela TV Record de Brasília.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie E-mail para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts