Joe Biden ordena que Exército americano realize ataques aéreos na Síria contra grupos apoiados pelo Irã

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ordenou que o Exército americano realizasse ataques aéreos contra grupos apoiados pelo Irã na Síria na região de Deir Ez-Zor. As ações ocorreram na manhã desta quarta-feira (24/08/2022).

Segundo o Comando Central dos EUA, “os ataques de hoje foram necessários para proteger e defender as forças armadas dos EUA”. Apesar da pasta não identificar os alvos, nem oferecer nenhum número de vítimas dos ataques, o monitor de guerra Observatório Sírio para os Direitos Humanos e o coletivo ativista Deir Ezzor 24 disseram que os ataques aéreos atingiram o Ayash Camp, administrado pelo grupo Fatimiyoun, composto por combatentes xiitas do Afeganistão.

De acordo com o monitor de guerra, pelo menos seis militantes sírios e estrangeiros foram mortos nos ataques aéreos.

Em comunicado, o porta-voz do Comando Central, coronel Joe Buccino, afirmou que a ação foi em resposta a um ataque de 15 de agosto contra as forças dos EUA, quando drones supostamente lançados por milícias apoiadas pelo Irã atingiram a guarnição al-Tanf, que abriga tropas americanas. Na época, o Comando Central dos EUA  afirmou que o ataque causou “zero baixas e nenhum dano”.

Deir Ez-Zor é uma província estratégica que faz fronteira com o Iraque e contém campos de petróleo. Grupos de milícias apoiados pelo Irã e forças sírias controlam a área e muitas vezes foram alvo de aviões de guerra israelenses em ataques anteriores.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts