Jair Bolsonaro pede para que manifestantes desobstruam as rodovias: “O fechamento de rodovias pelo Brasil prejudica o direito de ir e vir das pessoas”

O presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu, na noite desta última quarta-feira (02/11/2022), que manifestantes liberem as rodovias bloqueadas pelo Brasil, em protesto contra o resultado das eleições. “Sei que vocês estão chateados, estão tristes, esperavam outra coisa, eu também. Estou tão chateado quanto vocês, mas temos que ter a cabeça no lugar”, disse.

“O fechamento de rodovias pelo Brasil prejudica o direito de ir e vir das pessoas, está lá na nossa Constituição, e nós sempre estivemos dentro dessas quatro linhas. Você têm que respeitar as outras pessoas que estão se movimentando. Além de prejuízo à nossa economia”,afirmou Bolsonaro, em vídeo publicado nas redes sociais. Assista:

O mandatário, ao se pronunciar pela primeira vez após a derrota nas urnas, já havia afirmado que as ações não poderiam ser semelhantes a “esquerda”, que interferem no direito de ir e vir. Na terça-feira (01/11/2022), Bolsonaro afirmou que o movimento é “fruto de indicação e sentimento de injustiça como se deu o processo eleitoral”, amenizando o movimento.

Os atos são realizados desde o último domingo (30/10/2022) e reivindicam o resultado da eleição que deu vitória a Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os bloqueios seguem prejudicando a circulação da população, além de provocar o desabastecimento de combustíveis e alimentos nos estados.

“Outras manifestações que vocês estão fazendo pelo Brasil todo, faz parte do do jogo democrático, fiquem à vontade, e deixo claro, vocês estão se manifestando espontaneamente”, afirmou o presidente nesta quarta-feira (02/11). “Deixa eu fazer um apelo a você: desobstrua as rodovias, isso daí não faz parte, no meu entender, dessas manifestações legítimas, não vamos perder a nossa legitimidade”, disse.

“Por favor não pensem mal de mim, eu quero o bem de vocês”, declarou. Além do bloqueio de rodovias por caminhoneiros, protestos de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro ocorreram nesta quarta-feira (02/11) nas principais capitais do país. Parte do movimento está próxima a quartéis militares.

Na capital federal, bolsonaristas montaram um acampamento em frente ao QG do Exército. Em São Paulo, manifestantes ocupam áreas à região do Ibirapuera. Há também registros na Avenida Anhanguera, em Jundiaí.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts