Israel responde a ataques do Hamas e mata o líder da Jihad islâmica na Faixa de Gaza

Um ataque israelense na Faixa de Gaza na manhã desta sexta-feira (05/08/2022) deixou ao menos 10 mortos e dezenas de feridos, segundo autoridades palestinas. Entre os mortos está o o líder do grupo Jihad Islâmica, Tayseer Al Jabari, e uma criança de 5 anos.

Em comunicado, Israel disse que estava mirando o grupo militante em resposta a uma “ameaça iminente” após a prisão de outro militante sênior na Cisjordânia ocupada no início desta semana. “O governo israelense não permitirá que organizações terroristas na Faixa de Gaza estabeleçam agenda na área adjacente à Faixa de Gaza e ameacem os cidadãos do Estado de Israel”, disse o primeiro-ministro Yair Lapid em comunicado. “Qualquer um que tente prejudicar Israel deve saber: nós o encontraremos.”

A violência representa um teste inicial para Lapid, que assumiu o papel de primeiro-ministro interino antes das eleições de novembro, nas quais espera manter o cargo. Ele tem experiência em diplomacia, tendo servido como ministro das Relações Exteriores do governo cessante, mas suas credenciais de segurança são escassas.

Horas depois do bombardeio, centenas de palestinos marcharam em uma procissão fúnebre para Tayseer Al Jabari e outros que foram mortos, com muitos dos enlutados agitando bandeiras palestinas e bandeiras da Jihad Islâmica enquanto clamavam pela libertação do território.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
18
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Posts