Israel alerta que continua sendo atacado por balões incendiários lançados de Gaza

Israel denunciou, nesta quarta-feira (16/06/2021), que depois de lançar ataques aéreos à Faixa de Gaza em represália, continuou sendo atacado por balões incendiários do enclave palestino, os primeiros grandes incidentes desde a trégua em maio.

Os ataques aéreos israelenses são os primeiros desde que o novo governo liderado pelo ex-ministro da Defesa Naftali Bennett assumiu o poder no domingo passado, encerrando mais de 12 anos de governo ininterrupto de Benjamin Netanyahu.

Um porta-voz do serviço de bombeiros declarou à AFP que as equipes de intervenção estavam combatendo, nesta quarta-feira à noite (horário local), “quatro focos de incêndio provocados por balões lançados da Faixa de Gaza”, pelo segundo dia consecutivo.

Por outro lado, soldados israelenses mataram uma mulher na Cisjordânia que, segundo eles, tentou atacar vários militares com seu carro.

O ministério palestino da Saúde se limitou a confirmar a morte da mulher perto de Ramallah, na Cisjordânia. A agência de notícias palestina Wafa a identificou como Mai Jaled Yussef Afana, de 29 anos, natural de Abu Dis, cidade palestina próxima à Jerusalém.

O tio dela, Hani Afana, disse à AFP que a jovem “pegou essa estrada por engano e não tentou cometer um ataque, como diz o ocupante (Israel)”.

“Mai havia se formado recentemente em uma universidade jordaniana, tinha uma filha de quatro anos e não tinha problemas”, acrescentou.

Comments (0)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: