Siga nossas redes

Brasil

Holanda confirma compra de cinco aeronaves KC-390 Milleniun na mão do Brasil

Published

on

O Ministério da Defesa da Holanda confirmou nesta última quinta-feira (16/06/2022) a aquisição de cinco aeronaves KC-390 Milleniun, principal aposta da Embraer nos últimos anos no mercado de aviação militar. O modelo fabricado no Brasil venceu a concorrência com o avião americano Lockheed Martin C-130J Super Hercules, que substituiria unidades da mesma marca na frota da Força Aérea holandesa.

O KC-390 Millenium é um cargueiro, podendo ser utilizado em missões tática se logísticas. Um dos grandes diferenciais do modelo é a capacidade de ser reabastecido em pleno voo. A Embraer começa a entregar os aviões ao país europeu em 2026.

Essa é a terceira venda do KC-390 Millenium a países membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Em 2020, a Embraer negociou duas unidades para a Hungria por US$ 300 milhões e outras cinco para Portugal por 827 milhões euros.

O plano inicial do governo holandês era adquirir quatro aeronaves. Porém, após as dificuldades na evacuação das tropas da Otan na retomada do Taleban no Afeganistão e o cenário de insegurança na Europa com a Guerra na Ucrãnia, a Holanda decidiu adquirir uma aeronave a mais.

“A disponibilidade do KC-390 é maior, a aeronave pontua melhor em uma série de requisitos operacionais e técnicos e requer menos manutenção”, justificou o Ministério da Defesa da Holanda em nota sobre a negociação com a Embraer.

Nem o governo holandês, nem a empresa brasileira revelaram o valor negociação. Porém, nesta quinta o ministro da Defesa do país, Christophe van der Maat, avisou ao parlamento que a Força Aérea precisa ampliar as horas de voo da frota de 1 bilhão de euros para 2,5 bilhões de euros, incluindo custos futuros com manutenção. Nesse planejamento, os modelos Hercules continuarão voando até a substituição total pelos C-390 até 2031.

Venda estratégica dos aviões

Para a Embraer, fornecer aviões à Holanda representa uma conquista estratégica, já que a concorrência foi com o modelo mais atualizado do Hércules, cargueiro mais utilizado por forças militares do mundo desde a década de 1950. A fabricante americana tenta vencer as concorrências para substituir 137 aviões da marca nos membros da Otan na Europa.

O Brigadeiro Carlos de Almeida Baptista Junior comemorou a conquista e disse que a “notícia da venda de 5 aeronaves C-390 Millennium para a Holanda enche de orgulho o Brasil e Nossa Força Aérea Brasileira”.

*Informações do site Gazeta do Povo

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas