Hermano Hernning perde processo de R$ 14 milhões que movia contra o SBT

O jornalista Hermano Henning, que trabalhou no SBT dos anos 1990 até 2017, perdeu o processo que movia contra a emissora. Na ação, o veterano pedia R$ 14 milhões por ter sido contratado como PJ (pessoa jurídica), sem reconhecimento dos direitos trabalhistas.

A decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) foi divulgada pelo colunista Ricardo Feltrin, em seu canal no YouTube. A sentença da ministra Cármen Lúcia destacou a jurisprudência da Corte para anular a decisão anterior, favorável a Hermano Henning, e dar ganho de causa ao SBT.

Assim como Rachel Sheherazade, que também foi derrotada no STF recentemente, o veterano não tinha vínculo empregatício com a emissora de Silvio Santos e, por isso, pedia na Justiça o reconhecimento durante o período trabalhado.

A reclamação incluía férias, 13º, FGTS, equiparação salarial com empregados da mesma função que ganhavam mais na empresa, além do período que ficaram fora do ar, “na geladeira”.

*Informações do Portal NaTelinha

Contato da redação ou setor comercial:

Envie E-mail para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaodnoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts