Siga nossas redes

Mundo

Guerra na Ucrânia: Maior usina nuclear da Europa, na Ucrânia é atacada por militares da Rússia

Published

on

A usina nuclear de Zaporizhzhia, na Ucrânia, a maior do tipo na Europa, pegou fogo na noite de hoje dia 03 (manhã de sexta-feira 04 de Março, horário local na Ucrânia), após um ataque de militares russos, segundo informação divulgada pelo prefeito de Energodar, Dmytro Orlov. Um porta-voz da usina também confirmou o relato de incêndio à agência de notícias AFP. De acordo com o prefeito, houve vítimas no confronto, mas ainda não se sabe o número exato.

“Há mais de uma hora que duram combates ferozes nas proximidades da central nuclear de Zaporizhzhya. Nossos Guardas Nacionais mantêm a defesa. Sabe-se sobre as vítimas, mas o número exato e as circunstâncias ainda não podem ser nomeados”, disse Dmytro Kuleba, em seu perfil no Twitter.

No Twitter, o ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, reagiu à invasão dos militares dizendo que se a usina explodir “será dez vezes maior que Chernobyl”. O ministro referia-se àquele que é considerado o maior acidente nuclear da história, ocorrido em Chernobyl, em 1986. Na ocasião, houve a explosão de um reator espalhando radiação em uma parte da Europa.

“O exército russo está disparando de todos os lados contra a central nuclear de Zaporizhzhia, a maior usina nuclear da Europa. O fogo já começou. Se explodir, será dez vezes maior que Chernobyl! Os russos devem cessar imediatamente o fogo, permitir a entrada dos bombeiros, estabelecer uma zona de segurança!”

A Rússia invadiu a região localizada no sudoeste da Ucrânia no início da tarde desta quinta-feira —o avanço foi confirmado pelo Serviço de Informações Ucraniano. A ação acontece oito dias após o início dos conflitos entre os dois países.

“Os invasores já dispararam contra o posto de controle e estão usando blindados contra a população civil. Moradores de Energodar, deixem as ruas bloqueadas! Não tenha medo!”, disse um comunicado do governo da Ucrânia por meio do aplicativo de mensagens Telegram.

Mais tarde, já durante a noite, o prefeito Dmytro Orlov afirmou que “uma coluna de militares russos” estava a caminho da usina.

Nas redes sociais, uma câmera de segurança instalada no local transmitiu ao vivo, no YouTube, imagens do confronto entre as tropas. Muitos disparos foram observados.

*Informações do site UOL Notícias

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas