GSI disponibiliza íntegra das imagens dos ataques de 8 de janeiro

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República disponibilizou em seu site a íntegra das imagens do circuito interno do Palácio do Planalto, no dia dos ataques e invasões golpistas aos prédios-sedes dos Três Poderes, em Brasília.

O material foi divulgado e seu sigilo retirado por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF), após parte das imagens que mostram o ex-ministro chefe do GSI general Gonçalves Dias interagindo com os criminosos ser divulgado pela CNN Brasil.

O conteúdo integral dos vídeos havia sido retido, sob alegação de que material era sigiloso. Neste sábado (22/04/2023), o chefe interino do GSI, Ricardo Cappelli, entregou à PF e ao STF todas as imagens do 8 de janeiro.

São filmagens de vídeos internos e externos do Planalto, que agora estão com a PF. O órgão analisa cerca de 4 mil horas de gravações.

Em rede social, o ministro interino do GSI informou que as imagens estavam disponíveis, mas o “excesso de acessos” tem gerado reclamações de que os arquivos não estão sendo baixados.

 

Sigilo

A íntegra do material não foi entregue pelo GSI, sob alegação de sigilo do material. Após a divulgação de parte dos vídeos na quarta-feira (19/04), com G.Dias dentro do Palácio e nas proximidades do gabinete da Presidência da República, conversando e sem evitar a ação dos golpistas, o STF cobrou o governo.

Moraes destacou em seu despacho de sexta-feira (21/04) que a ordem do STF de janeiro, logo após os atos golpistas, era de que todo conteúdo deveria ser disponibilizado para as investigações.

O vídeo mostra ainda outros militares do GSI, entre eles o major José Eduardo Natale. Ele aparece servindo água aos invasores, caminhando com eles, em mais de um momento.

Natale é um dos nove membros do GSI ouvido neste domingo (23/04) pela PF, em Brasília. A PF vai analisar o novo material e cruzar com os depoimentos dos investigados.

O ex-ministro chefe do GSI foi interrogado na sexta-feira (21/04). Ele negou participação, criticou a ausência de dados preparatórios de segurança sobre os atos e garantiu que havia disponibilizado para autoridades todas as imagens do Planalto.

No Congresso, as imagens deram força ao movimento da oposição para a criação da CPMI dos Atos Golpistas. Senadores e deputados devem explorar o conteúdo divulgado. Em parte dele, há imagens como a chegada de Lula no loca, entre outras.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie E-mail para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts