Governo Federal volta atrás e adia Concurso Nacional Unificado

O governo Lula decidiu adiar, em todo o Brasil, as provas do Concurso Nacional Unificado (CNU) após as fortes chuvas que atingiram o Rio Grande do Sul nos últimos dias.

As provas seriam aplicadas no domingo (05/05/2024), mas o governo decidiu adiá-las após apelo de autoridades gaúchas. A nova data do concurso ainda não foi definida.

A decisão deverá ser anunciada pelo governo em coletiva de imprensa dos ministros Paulo Pimenta (Secom) e Esther Dweck (Gestão e Inovação) marcada para 15h00.

Custo alto em adiar o concurso

Mais cedo, Pimenta afirmou que o possível o possível adiamento do concurso nacional unificado custaria cerca de R$ 50 milhões aos cofres públicos e que por isso o governo ainda estudava se adiaria ou não.

“É importante que a gente possa ter alguns dados gerais. A possibilidade de adiamento do concurso tem um custo de R$ 50 milhões”, disse Pimenta, nesta sexta-feira (03/05), em entrevista ao programa Bom dia, ministro, do Canal Gov.

*Informações do colunista Igor Gadelha – Metrópoles

Contato da redação ou setor comercial:

Envie E-mail para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaodnoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts