Siga nossas redes

Esportes

Fluminense vira contra o Millonarios, em jogo de expulsão e pênalti defendido na Pré-Libertadores 2022

Published

on

Fluminense saiu atrás, mas aproveitou a expulsão de Sosa ainda aos 18 minutos do primeiro tempo e venceu o Millonarios de virada por 2 a 1, na noite desta terça-feira (22/02/2022), em Bogotá, pelo duelo de ida da segunda fase preliminar da Copa Libertadores da América. O zagueiro David Braz e o atacante Cano marcaram para o Tricolor, e o goleiro Fábio defendeu pênalti quando o jogo estava 1 a 1.

O resultado positivo na Colômbia dá ao Fluminense a vantagem de poder empatar no duelo de volta para avançar à terceira fase preliminar da Libertadores. A partida será realizada na próxima terça-feira (01/03/2022), em São Januário. 

Como foi o jogo

O Fluminense bobeou na defesa e sofreu o gol logo aos seis minutos de jogo, quando o Millonarios saiu em contra-ataque rápido e Sosa aproveitou o vacilo de Cris Silva, invadiu a área e finalizou com força para abrir o placar.

O duelo era quente no estádio El Campín, e ferveu aos oito minutos, quando Felipe Melo não gostou de uma entrada e bateu boca com Sosa. Os dois receberam cartão amarelo.

Aos 18, quando o Millonarios era melhor na partida, Sosa perdeu a cabeça e acertou o braço em Willian. O autor do gol que abriu o placar recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Prejuízo enorme para o time colombiano.

Com um a mais em campo, o Fluminense passou a ter mais volume de jogo. Aos 34, Fred saiu na cara do gol, mas sentiu lesão e não conseguiu finalizar – o atacante teve de ser substituído por Cano.

Antes do intervalo, aos 42, Yago finalizou de fora da área. O chute era meio despretensioso, mas o goleiro Montero rebateu nos pés de Luiz Henrique, que chutou sem força e viu a bola chegar até David Braz completar para o fundo da rede e empatar.

No segundo tempo, o Fluminense assustou logo de cara com Luiz Henrique e Cris Silva. No entanto, com dois minutos, Yago derrubou Ruiz na área e o pênalti foi marcado. Silva cobrou e Fábio pulou para pegar e salvar o Tricolor.

O jogo era ótimo, com boas chances para os dois lados. Nem parecia que o Millonarios tinha um a menos em campo. Empurrado pela torcida, o time colombiano desperdiçou oportunidades de ficar novamente à frente no placar.

Do outro lado, Cano não desperdiçou. Aos 34, o argentino recebeu de Luiz Henrique e só completou para o fundo da rede. O Fluminense ainda teve boa chance com Luiz Henrique logo depois, mas o jovem tentou encobrir o goleiro adversário e mandou por cima. Apesar das oportunidades, o placar permaneceu 2 a 1.

*Informações do site SBT Sports

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Click para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As mais lidas