China volta a fazer manobras militares entorno de Taiwan em resposta à visita da delegação de deputados dos EUA

Tropas chinesas retomaram, nesta segunda-feira (15/08/2022), as manobras militares no espaço aéreo e marítimo ao entorno de Taiwan. Segundo o coronel Shi Yi, as atividades foram lideradas por soldados do Exército de Libertação do Povo Chinês, que contou com 22 aviões e seis navios durante as execuções.

“Em 15 de agosto, o exército chinês realizou uma patrulha conjunta de prontidão de combate e exercícios de combate no mar e no espaço aéreo ao redor de Taiwan. O Exército Popular de Libertação tomará as medidas necessárias para defender resolutamente a soberania nacional”, disse o coronel.

A ação acontece como resposta à visita da delegação de deputados dos Estados Unidos à ilha, reivindicada pela China. O grupo deve se encontrar com a presidente Tsai Ing-wen e outras autoridades para discutir interesses compartilhados, incluindo a redução das tensões no Estreito de Taiwan e investimentos em semicondutores.

Apesar de não citar a intenção do governo chinês, a visita norte-americana deve provocar ainda mais tensões entre os países, uma vez que, na última viagem, a presidente do Congresso dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, declarou “apoio total” à Taiwan. O ato foi repudiado por Pequim, que classificou a fala como “deplorável traição”.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts