Campanha de Bolsonaro aciona TSE contra Lula após comparar atos do sete de setembro com “reuniões da Ku Klux Klan”

O campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) entrou com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por propaganda eleitoral irregular. O motivo foi a fala do petista comparando os atos de Bolsonaro no 7 de Setembro com reuniões da Ku Klux Klan.

“Aliás, Dilma, eu não sei se você viu na televisão, foi uma coisa muito engraçada que no ato do Bolsonaro parecia uma reunião da Ku Klux Klan, só faltou o capuz porque não tinha negro, não tinha pardo, não tinha pobre, não tinha trabalhador. O artista principal era o velho da Havan, que aparecia como se fosse o Louro José”, disse Lula durante comício no último dia 8, em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro.

Na ação, a campanha de Bolsonaro pede que os vídeos onde Lula aparece fazendo a comparação sejam retirados das redes sociais e que a declaração ultrapassa o limite da liberdade de expressão.

“A liberdade de expressão não contempla a imputação de crime, muito menos resguarda ofensas à honra e à imagem de candidatos, não se podendo tolerar a insinuação de que o candidato defenda ideais supremacistas e, em última instância, compactue com uma série de crimes e barbaridades de desvalor universal.

Contato da redação ou setor comercial:

Envie Email para: contato@sessaodenoticias.com.br ou clique aqui.

Sigam nossas redes sociais:

Facebook (@sessaodenoticias)

TikTok (@sessaodenoticias)

Instagram (@sessaodenoticias)

Twitter (@sessaonoticias)

Youtube (Sessão de Notícias)

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts