CAIXA Cultural lança exposição fotográfica em homenagem ao Bicentenário da Independência

“Verdade e Liberdade – a saga baiana da libertação nacional” transporta para os dias atuais as principais personagens das batalhas nos cenários em que ocorreram as lutas

A CAIXA Cultural Salvador recebe entre os dias 19 de julho e 31 de agosto a exposição fotográfica “Verdade e Liberdade – A Saga Baiana da Libertação Nacional”. A mostra representa a culminância das celebrações pelo Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia e revela um olhar particular a respeito das principais personagens das batalhas, os verdadeiros heróis do processo de libertação do Brasil, de Portugal.

Na mostra, Maria Quitéria, os Encourados de Pedrão, Joana Angélica, o Corneteiro Lopes e até mesmo o Caboclo e a Cabocla são retratados em situações do cotidiano atual em Salvador, Feira de Santana, Itaparica e cidades do Recôncavo Baiano, palcos das batalhas, numa espécie de reflexão a respeito da luta cotidiana de representantes do povo em meio aos desafios para a construção de um país.

Curador da exposição, o professor, escritor e historiador Ricardo Carvalho afirma que a ideia é “apresentar a permanência e a atualidade da batalha destes homens e mulheres tão importantes para a História do país”.

“Manter viva a memória da libertação nacional na Bahia é garantir aos baianos o acesso às raízes da sua identidade cívica, através da Arte e da História em comunhão”, defende Ricardo Carvalho.

Explorando os recursos mais modernos do audiovisual, a exposição fotográfica conta com uma concepção multimídia, tendo um vídeo mapping introdutório com um resumo da trajetória da independência da Bahia, desenvolvido pelo VJ Davi Gabiru e com a narração do premiado jornalista José Raimundo.

Durante o percurso da mostra, os visitantes poderão acompanhar 10 ensaios fotográficos com artistas renomados como Amanda Tropicana, Armando Correia Ribeiro, Elis Tuxa, Marcos Socco e Pedro Nunes. Os ensaios são intercalados por telas digitalizadas com os poemas do cantador da exposição, o poeta Maviael Melo.

“Verdade e Liberdade – A Saga Baiana da Libertação Nacional” tem o objetivo de contextualizar os momentos e personagens fundamentais do processo de independência, garantindo que o público geral reflita sobre a importância das batalhas ocorridas na Bahia.

Para alcançar a todos, na etapa final do percurso da exposição, os figurinos usados pelos modelos nas fotos estarão à disposição para observação. Pessoas com deficiência poderão tocar nos materiais, reconhecendo todos os recursos utilizados e indo além da autodescrição, garantindo uma experiência interativa e ao mesmo tempo acessível para todos que vivenciam essa experiência.

Encantada com os inúmeros detalhes que constituem a exposição, a gerente da CAIXA Cultural Salvador, Pollyanna Melo, afirma que a CAIXA “está muito feliz em presentear nossa cidade com uma mostra que apresenta a nossa cultura, uma cultura que brota da história de um povo, palpável e fática, próxima de todas e todos nós”.

Para Pollyanna Melo, a exposição é “uma defesa belíssima de que, antes de ser a independência de um estado, o dois de julho simboliza a independência do Brasil na Bahia, a verdadeira libertação nacional. É o que se desenha nas paredes da Galeria Mirante, uma história construída a muitas mãos, por heroínas e heróis, caboclas e caboclos, mais próximas(os) de nós do que nós mesmas(os) conseguimos imaginar.”

A partir do lançamento, a mostra poderá ser visitada sempre entre as terças e domingos, das 9h às 17h30.

*“Do Grito à Liberdade”* – Em paralelo à exposição, nos dias 19, 20 e 21 de julho serão realizadas outras atividades nas dependências da CAIXA Cultural Salvador relacionadas com as celebrações pelo Bicentenário da Independência do Brasil na Bahia.

Nos três dias, sete mesas temáticas com duração entre 60 e 90 minutos vão compor o seminário “Do Grito à Liberdade”, contando com um show de encerramento da cantora Marcia Short na sexta-feira (21), às 20h. A abertura do evento está marcada para as 13h30 de quarta-feira (19) com a apresentação musical do Projeto Artístico Notas Coloridas e o Grupo Mãos no Couro.

Confira um resumo da programação:

19 de julho (quarta-feira)
14h – Mesa 1 – A Força Feminina na Independência da Bahia (Luciana Góes e Marcia Mendes)
15h15 – Mesa 2 – Versos da Liberdade: A Luta pela Independência na Poesia Baiana (Marcos Peralta)
16h30 – Mesa 3 – Pelas Páginas do Tempo: Literatura Infantil e Eventos Históricos (Marcos Cajé e Carol Adesewa)

20 de julho (quinta-feira)
10h – Contação de História: Felipa (Cássia Vale)
14h – Mesa 4 – Memórias em Exposição: um olhar histórico-documental e a iconografia de 2 de julho (Ricardo Carvalho)
15h15 – Mesa 5 – A verdadeira Independência do Brasil (Jaime Nascimento)
16h30 – Mesa 6 – O Legado do Recôncavo Baiano (Bel Saubara)

21 de julho (sexta-feira)
14h – Mesa 7 – Sons da Resistência: A Contribuição da Música Afro e Indígena na Independência da Bahia (Dainho Xequerê – Mãos no Couro)
14h – Oficina: Ritmos de Matriz Africana
20h – Show de Encerramento (Marcia Short)

Mais informações em caixacultural.gov.br

SERVIÇO
O quê: Exposição Fotográfica “Verdade e Liberdade – a saga baiana da libertação nacional”
Quando: De 19 de julho a 31 de agosto de 2023, das terças aos domingos (9h às 17h)
Onde: Caixa Cultural Salvador – Rua Carlos Gomes, 57 – Centro.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts