Connect with us

Política

Cacá Leão diz que parcelamento de precatórios foi “conquista” e alfineta Rui Costa: “Coronelismo já acabou”

Published

on

O deputado federal e líder do PP na Câmara dos Deputados, Cacá Leão, em nota enviada a ao Política Livre na noite de quinta-feira (4), disse que “as palavras do senador Otto Alencar restabelecem a verdade de quem participou e homologou os acordos para votação da bancada baiana durante a votação da PEC dos precatórios”. Em resposta ao governador Rui Costa (PT), que classificou como “traíras” os deputados federais que votaram favoravelmente à matéria, Cacá posicionou-se firmemente: “O tempo do chicote e do coronelismo já acabou na Bahia faz tempo e não será reeditado por ninguém. Somos aliados fiéis, mas não somos capachos e exigimos respeito às nossas posições”.

Cacá, que é filho do vice-governador e presidente estadual da sigla, João Leão, referindo-se às declarações de Otto, confirmou que as negociações para o voto favorável da maioria da bancada baiana à proposta da PEC dos precatórios foi avalizada pelo governador petista. “O parcelamento dos recursos do Fundef em 40/30/30 (a serem pagos 40% em 2022, e outros 30% em 2023 e em 2024) foi uma conquista da bancada baiana, coordenada pelo senador Otto e avalizada pelo governador”, disse Cacá Leão, na nota.

A PEC dos Precatórios, aprovada em primeiro turno, permite o parcelamento de recursos do Fundef que devem ser pagos pela União ao Estado, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Depois de enviar a nota a, Cacá a reproduziu em sua conta no Twitter. Ainda na rede social, ao compartilhar publicação do Política Livre, o parlamentar afirmou que o voto foi combinado com o governador Rui Costa (PT). “As palavras do senador Otto Alencar reestabelecem a verdade de quem participou e homologou os acordos que definiram a posição da bancada baiana na votação da PEC dos precatórios”, escreveu. Política Livre

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As mais lidas